Ano xlv - Estudo e Trato das Criaturas Mágicas - Aula: Aula 5 – Centauros

Tema da aula: Centauros
Classificação do MM: XXXX

Criatura de origem europeia, mais precisamente da Grécia e que habita florestas. O Centauro é uma criatura dotada de inteligência e fala como os humanos, sendo donos de uma invejosa reputação nas áreas de cura mágica, adivinhação, uso de arco e astronomia. Seu corpo é uma mistura de cavalo com humano, sendo composto de cabeça, braços e tronco humano, presos em um corpo de cavalo, que tem sua coloração diversificada. Seus rebanhos possuem cerca de 10 a 50 membros e estes evitam o contato com seres humanos, sendo estes trouxas ou bruxos.
Há muito mistério sobre o modo de vida de dentro de um rebanho dos centauros devido ao fato de evitarem o contato com os humanos, que inclusive cada país, após reuniões entre governantes e os Centauros, possui uma área reservada à criatura, que trata tal área como um verdadeiro território, onde todo e qualquer humano que adentrar este território, será questionado do motivo pelo qual fez o mesmo.
De acordo com Grogan Stump, que em 1811 após uma série de tentativas em classificar as criaturas mágicas entre dois grupos, animais e seres. Os seres são aquelas criaturas que são dotadas de inteligência de modo que os permita seguir as leis bruxas e ainda ajudar a aplicar a mesma. Apesar de ser uma criatura dotada de inteligência, os Centauros tiveram uma briga grande para que fossem, juntamente com os Sereianos, considerados exceções a esta lei e assim sendo considerados como animais, pois se recusaram a permanecer no mesmo grupo em que os Vampiros foram inseridos.

Pontos por perguntas em sala de aula:


Aleksander_Silbermond +5 pontos

——


Pedro_Dunder +5 pontos

——

Pontos por práticas:

Não houve práticas nesta aula.

Ano xlv - Defesa Contra as Artes das Trevas - Aula: Aula 5 – Maldições Imperdoáveis

Tema da aula: Maldições Imperdoáveis

São consideradas maldições imperdoáveis, 3 feitiços que são:

- Avada Kedavra: Maldição da morte, levo à morte instantânea aquele que for atingido pelo mesmo.
- Crucio: Maldição da tortura, faz com que aquele que seja atingido sinta muitas dores em diversos pontos do corpo, podendo levar à loucura se a pessoa ficar sob seu efeito.
- Imperio: Maldição que é capaz de deixar uma pessoa sob o controle do executor da maldição, sendo muito utilizado para que se fosse possível obter informações de ciclos sociais fechados, como o Ministério da Magia e até mesmo de bruxos das trevas.

Agora, ainda há a existência de um outro feitiço, que pode ser considerado a 4ª maldição imperdoável, mesmo que não seja julgado como tal pelo Ministério da Magia. A maldição Inferius, é como o próprio nome diz, usada para a criação de Inferis.

Mas seriam mesmo as maldições, sempre consideradas imperdoáveis? A resposta para esta pergunta é simples… Não.
O bruxo pode recorrer ao uso da maldição imperdoável, em casos onde seja julgado como legítima defesa, onde é um cenário em que seja ou a vida dele, ou a vida do bruxo ou bruxos que o atacam. Como sabemos, existem muitos lugares onde a aparatação é impraticável, e portanto se um bruxo for cercado nesta área por bruxos que usam de maldições contra ele, o uso de maldições para neutralizar um oponente, sem chances do mesmo voltar à combate é cabível. Entretanto, há uma maldição imperdoável que não é aceita em nenhuma hipótese, que é a maldição da tortura, Crucio. O motivo que justifica isso, é que esta maldição visa apenas torturar e causar dor ao seu oponente, sem um objetivo de neutralizar o mesmo para que se possa fugir ou que se possa usar o oponente contra o grupo que ataca. A maldição Inferius é regulamentada pelo Ministério da Magia, que deve julgar se permitido ou não e ainda ser responsável pelo registro dos devidos inferis e quais as suas finalidades, sendo um processo bastante seguro e burocrático.

Pontos por perguntas em sala de aula:


Aleksander_Silbermond +5 pontos

——


Pedro_Dunder +5 pontos


Wilhelm_Rosenstock +5 pontos
Wilhelm_Rosenstock +5 pontos


Pontos por práticas:

Não houve práticas nesta aula.

Ano xlv - Transfiguração - Aula: Aula 4 – Regras simples e básicas

Tema da aula: Regras simples de transfiguração

O início da vida acadêmica no ramo da transfiguração é um tanto quanto complicado aos iniciantes, e nesta aula foi visto regrinhas básicas que podem além de ajudar, melhorar o desempenho dos mesmos no início da caminhada. Foi testado os alunos e visto alguns erros iniciais, sendo passado a eles as seguintes regras:

- No momento da transfiguração, é fundamental haver a concentração e toda a mentalização das alterações que se quer realizar no alvo, em sua mente.
- Realizar o movimento de varinha sempre com precisão, sem incertezas e de maneira a não cometer erros de execução.

Nas aulas seguintes, nos momentos de prática, já serão cobradas a mentalização das alterações, e claro, a qualidade da mesma será julgada, logo os alunos deverão procurar seguir a todas.

Pontos por perguntas em sala de aula:
Belatriz_Ferri
John_Smith +2 pontos
Rose_Holger +3 pontos
Rose_Holger +5 pontos

——

Pedro_Dunder +2 pontos

Connor_Kenway +5 pontos
Connor_Kenway +5 pontos


Pontos por práticas:

Não houve práticas nesta aula.

~TAREFA~

1 – [DESAFIO] Pesquise e descreva o motivo pelo qual faz com que os mamíferos sejam os mais difíceis de se transfigurar, quando comparado aos demais (Aves, Anfíbios e etc).

2 – De maneira superficial, sem a necessidade de nomes de feitiços ou determinados movimentos de varinha, faça uma ação de transfigurar um animal em outro, buscando cumprir as regrinhas acima.

Valor: 10 pontos
Prazo de entrega: 28/05
Endereço de email para entregar: nagatojones@hotmail.com
Instruções IMPORTANTES:

- Entregar contendo nome, casa e ano
- Enviar pergunta e resposta JUNTAS, se enviar somente respostas, a questão fica valendo metade.
- Cópias causarão a perda dos pontos da questão, sendo assim, pontuando -5 pontos na tarefa.
- Tarefas devem ser entregues no corpo do email, nada anexado.

Ano xlv - Estudo dos Trouxas - Aula: Aula 2 – Mitologia Grega

A Mitologia Grega é um conjunto de mitos (histórias e lendas), sobre vários deuses, heróis, titãs, ninfas, e centauros. A Mitologia Grega originou-se da união das mitologias dórica e micênica. Seu desenvolvimento ocorreu por volta de 700 a. C.

Os Gregos eram politeístas, isto é, adoravam vários deuses, acreditando que esses deuses tinham forma humana, embora fossem mais belos e poderosos que os homens, imortais e possuidores de poderes mágicos. Os deuses gregos revelavam também qualidades e defeitos semelhantes aos dos seres humanos: apaixonavam-se, sofriam, conheciam aventuras e desventuras e os Gregos falavam deles como se fossem pessoas: contavam a história da sua vida, as suas lutas, sentimentos…

As principais fontes a esse respeito foram escritas no século VIII a.C. por Hesíodo (Teogonia), e por Homero (Ilíada e Odisséia). Na Teogonia são tratadas a origem e a história dos deuses gregos. Nas narrativas Ilíada e Odisséia são descritos os grandes acontecimentos envolvendo heróis e deuses.

Teogonia é a compilação de uma série de narrativas orais que se reúnem sob o nome de Hesíodo e trata da genealogia e hierarquia dos deuses e heróis da mitologia grega. O livro é composto de três momentos principais que se dividem conforme veremos abaixo:

A Cosmogonia (cosmos = universo; gonia = gênese, origem) relatou a origem do mundo, da natureza, dos seres inanimados como fundamento da realidade. Nesta passagem, Hesíodo falou de quatro deuses principais: Caos (a indiferenciação, o nada caótico que depois ganha forma, mas é a origem de tudo); Gaia (a mãe terra, fecundadora); Tártaro(o mundo subterrâneo, que depois veio a ser chamado de inferno pelo mundo cristão) e Eros (o amor ou desejo). Esses quatro proporcionam a imagem que vai do nada, da matéria informe, passando pela constatação da sua formação com Gaia até a constatação do fenômeno do surgimento e desaparecimento dos seres. Do Caos surgiram Érebo e Nix (noite) e desta última nasceu Éter e Hemera (dia). Da união entre Gaia e Tártaro surgiu Urano (o céu), Montes (as montanhas) e Pontos (o mar), encerrando a primeira fase da cosmologia.

 

A segunda parte tratou da soberania de Urano, que se uniu à sua mãe, Gaia, e geraram os Titãs (Oceano, Ceos, Crio, Hiperíon, Jápeto e Cronos), as Titânidas (Teia, Reia, Mnemósina, Febes e Tetis), os Ciclopes e os Hecatonquiros. Um dos filhos de Urano, Cronos (o deus do tempo), castrou o pai e assumiu o poder. Do esperma que caiu no oceano surgiu uma espuma da qual se originou Afrodite. Cronos se casou com sua irmã, Reia, e deu origem à segunda geração divina (Héstia, Deméter, Hera, Hades, Posídon, Zeus). A imagem que se tem é a substituição da ordem e da paz (pelo céu) pelo efêmero, passageiro, transitório (o tempo), em que os seres surgiam e desapareciam sem nada permanecer. Isso porque, ao gerar, Cronos engolia os seus filhos. Mas Zeus, o caçula, foi escondido e Cronos engoliu uma pedra acreditando ser seu filho. Zeus cresceu e destronou também a seu pai, Cronos, e o fez regurgitar seus irmãos que o elegeram o novo deus-rei. Zeus assumiu o poder depois de longas batalhas, originando uma nova fase.

 

A terceira e última fase é a conhecida Heroogonia. Ao ter se estabelecido no poder, iniciaram-se as peripécias de Zeus, formando através de sua união sexual constante com deusas e mortais, a nova geração de semideuses e heróis, como o seu filho Héracles (ou Hércules para os latinos). Por terem destronado seus antecessores, os deuses foram criando dificuldades aos seus sucessores a fim de que novos destronamentos não ocorressem. Foi assim que Héracles foi submetido aos famosos 12 trabalhos.

 

Deuses Gregos

Zeus

Pai dos deuses, filho de Cronos e de Réia. A esposa de Zeus foi sua irmã Hera.É designado também por Padre, Tonante e Jove. Era representado como homem forte e barbado, de aspecto majestoso, com um raio na mão sobre uma águia.

Afrodite

Filha de Zeus e Dione. É a deusa do amor e da beleza. Hefesto recebeu-a como esposa, mas esta, incapaz de lhe ser fiel, procurou o amor de Ares,  de quem teve Eros. Amou também Hermes, Dioniso, Anquises (de quem teve Eneias) e Adonis.

Ares

Deus da guerra, presente em todos os combates. Era representado como um guerreiro completamente armado, acompanhado por um galo. Fiel apaixonado de Vênus.

Apolo

Deus das Artes. O deus mais venerado depois de Zeus. Identifica-se com o Sol – daí ser chamado também Febo (brilhante) – e o ciclo das estações do ano..

Artemis

Filha de Zeus e da irmã de Apolo. Deusa da caça e da castidade é representada num coche, tirada por corças, armada de arco e flechas com setas e uma meia-lua sobre a cabeça.

Atena

Deusa da Sabedoria e da guerra justa possuía uma disposição pacífica, representando a preponderância da razão e do espírito sobre o impulso irracional. Deusa protetora de Atenas e outras cidades da Ática. Acredita-se que ela era originalmente a deusa-serpente de Creta. Imagem guerreira, com capacete, lança, escudo e couraça.

Poseídon

Deus dos mares era filho de Cronos, deus do tempo, e Réia, deusa da fertilidade e irmão de Zeus e Hades. É representado como um homem forte, de barbas brancas, com um tridente na mão e acompanhado de golfinhos e outros animais marinhos.

Hefestos

Deus do fogo. Patrono dos ferreiros e dos artesãos em geral, é responsável, segundo a lenda, pela difusão da arte de usar o fogo e da metalurgia. Era geralmente representado como um homem de meia-idade, barbado, vestido com uma túnica sem mangas e com um gorro sobre o cabelo desgrenhado.

Hades

Hades, deus do mundo subterrâneo da mitologia grega, filho de Cronos e Réia, irmão de Zeus, Héstia, Demeter, Hera e Poseidon. Era casado com Perséfone, que raptou do mundo superior, para ter como sua rainha


 

Pontuação:

Aleksander Silbermond 6pts+5pts melhor aluno

Fleur Collins 3pts

 

Melhor Casa: Bahamut +5pts


Dever: Fazer uma lista dos 12 principais Deuses Gregos, com seus respectivos nomes na mitologia romana e uma breve descrição (mínimo 20 palavras) de quem são.

  • Deveres sem os 12 deuses terão nota 0
  • Não será aceito cola e nem cópia
  • Pontuação 15 pontos (5 pontos para os nomes em grego, 5 para os nomes em romano e 5 para as descrições) e +5 pontos para o melhor dever.
  • Envia o dever até 22/05 até as 23:59h, no corpo e-mail profitachi@yahoo.com.br com o título: “Tarefa 1 de EdT – Ano XLV”. O e-mail deverá conter nome, casa e ano. Não serão aceitos deveres em anexo

Ano xlv - Estudo dos Trouxas - Aula: Aula 1 – Introdução à Disciplina

Foi discutido em sala e apresentado à turma o cronograma de aula e o último tema foi votado pelos alunos:

Aula 1: Introdução

Aula 2: Introdução a Mitologia Grega

Aula 3: Continuação Mitologia Grega

Aula 4: Mitologia Nórdica

Aula 5: A origem de Ixion e Bahamut

Aula 6: A origem de Shiva e Ifrit

Aula 7: Esportes Trouxas (Tênis)

Aula 8: Tecnologia Trouxa


 

Pontuação:

Jhef Campbell 3pts+5pts (melhor aluno)

Aleksander Silbermond 3pts

Lilly Smartener 3pts

Melhor casa: Bahamut +5pts

Ano xlv - Feitiços - Aula: Aula 2 – Evanesco, Lumos, Nox e Reparo

Feitiços Ensinados em Aula

Evanesco
Faz coisas menores se desintegrarem.
Pronúncia: eh-van-ES-ko ou ee-vah-NESS-koh
Movimento: “varrer” o que se deseja com a varinha… em um movimento da direita para a esquerda, na horizontal.

Lumos
Cria luz na ponta da varinha.
Pronúncia: LU-mus
Movimento: Erguer a varinha até um ângulo de 45º, partindo da posição horizontal

Nox
Desfaz a luz produzida pelo feitiço Lumos.
Pronúncia: Nok-ss
Movimento: Movimento diagonal de cima para baixo e da esquerda para a direita

Reparo
Conserta pequenos objetos quebrados.
Pronúncia: reh-par-óh
Movimento: movimento ondulado da esquerda para a direita terminando no alvo


 

Pontuação em Aula:

Belatriz Ferri 3pts+5pts melhor aluna

Drake Devereaux 3 pts

Aleksander Silbermond 3 pts

John Smith 3 pts

Jhef Campbell -1 ponto por brincadeiras e falta de respeito ao prof em aula

Melhor Casa: Bahamut +5 pts

Ano xlv - Defesa Contra as Artes das Trevas - Aula: Aula 3 e 4 – Grindylow e Bicho-Papão

Temas da aula: Grindylow e Bicho-Papão
Classificação do MM: XX e desconhecida (respectivamente)

Grindylow

Com sua classificação sendo XX, esta criatura é originada da Europa, mais precisamente da Grã-Bretanha e da Irlanda, tendo um habitat aquático. O Grindylow é um demônio aquático, com chifres e pele de tom verde-claro, possuindo longos dedos com uma força muito alta, porém sendo fáceis de quebrar. Sua alimentação é de pequenos peixes, e ele representa perigo a bruxos e trouxas, que sejam despreparados para enfrentar tal criatura. Os sereianos são criaturas capazes de domesticar os Grindylows.

Bicho-Papão

É uma criatura transformista, preferindo morar em lugares que sejam fechados e escuros, e a sua forma física real é desconhecida por todos, pois toda vez que uma pessoa para diante ele, ele se transforma naquilo que julgar ser o mais assustador para a pessoa. É considerado a criatura mais assustadora de todo o mundo, pois ele sempre representa algo que levará a pessoa a ter medo. Facilmente vencido por muita risada, causada pelo feitiço Riddikulus.

Ficha do feitiço:
Nome: Riddikulus
Efeito: Usado para transformar o Bicho-Papão em algo menos aterrozinzante ou algo engraçado que o Bruxo esteja pensando.
Ponúncia: Ri-DIK-uh-lous
Movimento de varinha: Vertical de baixo para cima em direção ao bicho papão
Mentalização: O medo se tornando algo engraçado, que faça com que o medo daquilo dê lugar à risadas.

Pontos por pergunta em sala de aula:

Aleksander_Silbermond +5 pontos
Aleksander_Silbermond +5 pontos

——

——

Lilly_Smartener +5 pontos
Lilly_Smartener +5 pontos

Pontos por prática em aula:

Aleksander_Silbermond +5 pontos
Belatriz_Ferri +5 pontos

——

——

Lilly_Smartener +5 pontos
Connor_Kenway +5 pontos
Tajiri_Yumotto +5 pontos

~TAREFA~

1 – Faça uma breve descrição física dos dementadores, e explique o motivo deles serem considerados criaturas que não podem garantir a segurança de uma prisão como Azkaban.

2 – Seguindo as características do Grindylow, encontre o ponto fraco do mesmo e diga uma maneira eficiente de combater esta criatura.

3 – Quais os perigos que um bicho-papão pode trazer, mesmo não sendo o medo real da pessoa?

Valor: 15 pontos
Prazo de entrega: 21/05
Endereço de email para entregar: nagatojones@hotmail.com
Instruções IMPORTANTES:

- Entregar contendo nome, casa e ano
- Enviar pergunta e resposta JUNTAS, se enviar somente respostas, a questão fica valendo metade.
- Cópias causarão a perda dos pontos da questão, sendo assim, pontuando -5 pontos na tarefa.
- Tarefas devem ser entregues no corpo do email, nada anexado.

RESULTADO DAS TAREFAS:

John_Smith +5 pontos
Belatriz_Ferri +14 pontos
Aleksander_Silbermond +15 pontos
Rose_Holger +14 pontos

——

——

Drake_Devereaux +11 pontos
lilly_Snartener +15 pontos

Ano xlv - Estudo e Trato das Criaturas Mágicas - Aula: Aula 4 – Pufoso

Tema da aula: Pufoso
Classificação do MM: XX

Criatura com origem na Europa, sendo pequeno e com o corpo coberto por pêlos macios, tendo um temperamento tão dócil que o tornou uma criatura de estimação muito querida e popular entre as crianças, pois ele não se importa de ser afagado ou de ser lançado para algum lado, soltando uma espécie de zumbidos quando está satisfeito com algo. Sua alimentação vai de aranha até meleca de nariz, que ele pode alcançar utilizando de sua comprida e fina língua rosada. Existe ainda, uma versão chamada de pigmeu, o mini-pufe.

Pontos por pergunta em sala de aula:

Aleksander_Silbermond +5 pontos

——

——

Lilly_Smartener +5 pontos

~TAREFA~

1 – Descreva um bandinho, e em seguida explique o porque uma criatura tão simples, pode trazer riscos à bruxos, ao ponto de que deve ser chamado o MM em caso de infestação.

2 – O arpéu como visto na aula, pode servir de montaria para trasgos, porém nem sempre isso acontece. Trace o perfil de ambas as criaturas, trazendo aspectos físicos de ambos e quais as consequências geradas aos trasgos, dos confrontos entre as duas criaturas, sendo no sucesso ou no fracasso no ato de domar.

3 – O pogrebin é uma criatura que ataca quando o humano menos espera, sendo assim, na maioria das vezes uma criatura que pode trazer problemas, se caso a pessoa não tiver conhecimento prévio do mesmo. Explique com suas palavras, quais perigos seriam estes, às pessoas que não possuem conhecimento sobre a criatura.

Valor: 15 pontos
Prazo de entrega: 21/05
Endereço de email para entregar: nagatojones@hotmail.com
Instruções IMPORTANTES:

- Entregar contendo nome, casa e ano
- Enviar pergunta e resposta JUNTAS, se enviar somente respostas, a questão fica valendo metade.
- Cópias causarão a perda dos pontos da questão, sendo assim, pontuando -5 pontos na tarefa.
- Tarefas devem ser entregues no corpo do email, nada anexado.

RESULTADO DA TAREFA

John_Smith +7 pontos
Rose_Holger +14 pontos

——

——

Tajiri_Yumotto +8 pontos
lilly_Snartener +4 pontos

ATENÇÃO À ESSAS CÓPIAS! Copiar parcialmente um conteúdo é ainda contado como infração!