Artigo em destaque

Caveira

A invenção mais perversa da magia. Horcrux é a palavra usada para o objeto em que uma pessoa oculta parte de sua própria alma.

A pessoa divide sua alma, e esconde uma metade dela em um objeto externo do corpo. Porém não há necessidade de usar um objeto inanimado; de acordo com Dumbledore, uma criatura viva pode ser usada como uma Horcrux, embora seja arriscado confiar uma parte de sua alma em algo que pode se mover e pensar, independentemente do fragmento implantado da alma. Então, mesmo que seu corpo seja atacado ou destruído, a pessoa não poderá morrer, porque parte de sua alma continuará presa à terra, intacta.

Naturalmente, a existência sob tal forma é amaldiçoada e poucas pessoas recorrem a esse método. (leia mais...)