Pontuações e tarefas

Após as reclamações de diferentes casas quanto ao descumprimento do regulamento da academia nas pontuações em aulas e tarefas, o Conselho Administrativo interviu na disputa da Copa das Casas, conferindo e corrigindo, quando necessário, todas as aulas deste ano letivo, que agora estão 100% de acordo com o regulamento, principalmente no que diz respeito aos 5 pontos de presença por aula, 5 pontos por questão nas tarefas e 5 pontos de bonificação máxima para casas e alunos. Observação: As tarefas que estavam oferecendo acima de 5 pontos por questão, tiveram suas notas corrigidas proporcionalmente (exemplo: um aluno que tirou nota 8, numa questão valendo 10, fica com nota 4 na mesma questão valendo 5).

Também foi investigado pelo conselho as acusações de favorecimento ilícito dos professores Richard Slyther e Mylla Dorset à casa Bahamut nas suas tarefas.

O professor Richard Slyther se recusou à contribuir com as investigações do conselho e, por unanimidade, foi suspenso das suas atividades na academia, tendo seus pontos de tarefa sido cancelados integralmente (para todas as casas) até segunda ordem. Decidimos, porém, manter as pontuações em aula do professor.

A professora Mylla Dorset, por sua vez, contribuiu sem problemas com o conselho e comprovamos, a princípio, a legalidade de sua tarefa, com apenas o porém da pontuação oferecida estar acima da permitida, porém as notas foram convertidas de forma proporcional, de acordo com o explicado acima. O conselho agradece à professora Dorset e pedimos desculpas pela acusação em nome da Academia e do site.

Por fim, o conselho decidiu adicionar duas novas regras, válidas a partir do momento desta publicação, ao regulamento geral da Academia, com o intuito de tentar minimizar possíveis favorecimentos e também controlar a concessão indiscriminada de pontos praticada por alguns professores, mesmo quando o intuito é honesto:

  • Pontuação máxima de 15 pontos por tarefa;
  • Pontuação máxima de 10 pontos por aluno em aula (observando-se, claro a possibilidade de um único aluno receber uma bonificação extra de 5 pontos, além destes 10).

Agradecemos a compreensão de todos, alunos e professores. O intuito do conselho é manter a competição sempre limpa e saudável e esperamos que todos abracem cada vez mais este espírito.

Conselho Administrativo
Luisa Lesknow, Matheus Constantine e Nicholas Galahad